(Foto: Instagram/Reprodução)

Infração

Bolsonaro é multado por pesca ilegal

O caso aconteceu em 2012

Por Camylla Evellyn

Voltou a valer a multa do Ibama aplicada ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por pesca ilegal. Na época, ocupando o cargo de deputado federal, Bolsonaro praticou o ato na Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis, em 2012.

A multa de R$10 mil havia sido anulada em 20 de dezembro de 2018, depois de parecer da Advocacia-Geral da União, que sustentou que Bolsonaro não teve direito à ampla defesa no processo. A decisão se deu pouco antes de ele assumir a Presidência da República. O despacho do Ibama foi assinado no último domingo (17/09), pela coordenação-Geral do Centro Nacional do Processo Sancionador Ambiental.

Relembre

Bolsonaro foi flagrado por fiscais, no dia 25 de janeiro de 2012, na Estação Ecológica de Tamoios. Ele estava em um bote e foi fotografado pelo agente do Ibama com uma vara de pescar em local proibido. A defesa alegou que o presidente estava no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, na hora da multa. No entanto, Bolsonaro cita a data em que o auto de infração foi lavrado, em março, e não o dia em que a conduta foi flagrada, em janeiro.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram