Foto: redes sociais

Unidos

Câmara de Fortaleza aprova título de cidadão fortalezense para Bolsonaro com votos do PDT

Ainda não foi confirmado a data da entrega comenda

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou nesta terça-feira, (12/12), o Título de Cidadão Fortalezense para o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

Depois de muita discussão entre os vereadores, a proposta foi aprovada. Com 20 votos a favor, 12 contra e 3 abstenções, vereadores concederam o título ao ex-presidente.

O vereador Adail Junior (PDT) saiu em defesa da aprovação da propositura. Além do PDT, outros partidos como: PSD, PDT, SD, PL, PSDB e União Brasil defenderam o nome de Bolsonaro.

A proposta foi do vereador Julierme Sena (União Brasil). O parlamentar disse que será um evento que vai ficar na história do parlamento municipal.

“É com imensa alegria que anunciamos a aprovação do Título de Cidadão Fortalezense para o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro! Em reconhecimento aos serviços prestados à nação e em especial à nossa amada Fortaleza, a Câmara Municipal aprovou o nosso Projeto de Decreto Legislativo Nº114/2023 que concede esta honraria ao nosso ilustre líder que deixou sua marca na história do Brasil. Fortaleza se prepara para celebrar a chegada do ilustre cidadão, que, ao longo de sua carreira, dedicou esforços incansáveis para o desenvolvimento do nosso amado país. Seu compromisso com a população brasileira e a defesa de valores que permeiam nossa cultura são dignos de reconhecimento e aplausos. Jair Messias Bolsonaro, conhecido por sua coragem e determinação, deixou um legado que transcende partidos políticos. A homenagem é um testemunho do reconhecimento não apenas de sua trajetória política, mas também de sua contribuição para o progresso e bem-estar da nossa querida Fortaleza”, disse Julierme Sena.

Ainda não foi confirmado a data da entrega comenda.

Pré-eleição

Nos bastidores, o comentário é que esse apoio dos pedetistas pode sinalizar uma possível aliança nas próximas eleições, caso tenha segundo turno em Fortaleza contra o candidato do PT.

A votação terminou assim:

Adail Júnior (PDT): sim
Adriana Gerônimo (Psol): não
Ana Aracapé (PL): não votou
Ana Paula (PDT): não
Bruno Mesquita (PL): sim
Carlos Mesquita (PDT): sim
Cláudia Gomes (PSDB): não votou
Cônsul do Povo (PSDB): sim
Danilo Lopes (Avante): não votou
Didi Mangueira (PDT): não
Didi Maravilha (PMB): sim
Luciano Girão (PP): sim
Dr. Vicente (PT): não
Emanuel Acrízio (PP): sim
Estrela Barros (Rede): sim
Eudes Bringel (PSB): não
Gabriel Aguiar (Psol): não
Gardel Rolim (PDT): não votou
Germano He-man (PMB): sim
Inspetor Alberto (PL): sim
Iraguassu Filho (PDT): não
Jorge Pinheiro (PSDB): sim
José Freire (PSD): sim
Julierme Sena (União): sim
Júlio Brizzi (PDT): não
Kátia Rodrigues (Cidadania): não votou
Léo Couto (PSB): não
Lúcio Bruno (PDT): não votou
Marcelo Lemos (União): não votou
Michel Lins (PRD): sim
Moura Taxista (PSB): não
Márcio Martins (SD): sim
Ppcell (PSD): sim
Paulo Martins (PDT): sim
Pedro Matos (PL): sim
Priscila Costa (PL): sim
Adriana Almeida (PT): não
Professor Enilson (Cidadania): abstenção
Raimundo Filho (PDT): abstenção
Ronaldo Martins (Republicanos): não votou
Ronivaldo Maia (sem partido): não
Tia Francisca (PL): sim
Veríssimo Freitas (Republicanos): abstenção

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram