Imagem: reprodução do vídeo

Confronto

Cid Gomes não aceita destituição da presidência do PDT e anuncia convocação para eleição de novo diretório; vídeo

Destituição do senador da presidência da sigla causou revolta em aliados

O senador Cid Gomes reuniu aliados na tarde desta segunda-feira, (2/10), logo após o deputado federal André Figueiredo ter anunciado sua destituição da presidência do PDT Ceará.

Cid Gomes revelou durante a reunião que vai convocar o dirigentes estadual do PDT para eleger um novo diretório.

A data exata não foi divulgada, pois o estatuto prevê um número de assinaturas para efetivar a convocação. Por outro lado, o senador fez uma referência a 16 de outubro.

André Figueiredo assume as presidências, estadual e nacional.

Cid não aceitou o argumento de André que ele teria quebrado acordos feitos ao assumir a sigla em em julho deste ano.

“Fui surpreendido ,sem nenhum aviso, sem comunicação, de que ele retornava à presidência e alegava que três compromissos de minha parte,que não teriam sido cumpridos. Isso não é verdade, não procede essa informação. Eu assumi um único compromisso que ele permaneceria, na eleição do diretório, com a nova Executivo com meu apoio”, disse Gomes.

Coletiva

WhatsApp
Facebook
X
Telegram