Imagem: redes sociais

Boa notícia

Coreia do Sul proíbe consumo de carne de cachorro

A determinação teve um apoio importante do presidente Yoon Suk Yeol

A Coreia do Sul não vai mais permitir o consumo de carne de cães. A prática será proibida a partir de 2027.

A lei penaliza por três anos de prisão ou multa de cerca de USS$ 22.800 dólares para quem criar ou abater os animais para consumo humano.

A medida traz uma mudança significativa nas práticas culturais do país. Essa prática se tornou impopular, principalmente entre os jovens.

A determinação teve um apoio importante do presidente Yoon Suk Yeol, que é contrário ao costume. Além do endosso do parlamento. O texto teve 208 votos a favor e nenhum contra na Assembleia Nacional.

Comércio
Segundo os dados, em 2022, cerca de 1.100 fazendas criavam 570 cães para consumo em aproximadamente 1.600 restaurantes. A proibição tem um período de transição de três anos, com a possibilidade que os comerciantes do produto possa mudar outras atividades.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram