(Foto: Reprodução/Prefeitura de Tamboril)

Precariedade

Criança corre risco de vida por falta de ventilador portátil

A família aguarda há cerca de um mês a liberação de equipamentos, pela Secretaria de Saúde de Tamboril, para que Sofia possa ir para casa

Por Camylla Evellyn

A pequena Sofia, de apenas 1 ano e 4 meses, foi diagnosticada com Encefalopatia Crônica, e está internada na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. A família aguarda há cerca de um mês a liberação de equipamentos, pela Secretaria de Saúde de Tamboril, para que Sofia possa ir para casa.

A criança foi internada após uma pneumonia. Ela passou por uma traqueostomia e possui dificuldade para respirar decorrente de um agravamento no estado clínico. A Santa Casa de Sobral solicitou à Prefeitura de Tamboril um ventilador portátil para poder receber alta.

De acordo com Maria Silva Lopes, mãe da criança, quanto mais tempo a filha fica no hospital, aumentam os riscos para a saúde dela. Ela disse ainda que não recebe nenhum retorno da Secretaria, e que informaram apenas que estão analisando se irão comprar os equipamentos ou alugar.

Além dos equipamentos necessários, a coordenação da UTI pediátrica da Santa Casa solicitou insumos adequados para possibilitar os cuidados que a criança necessita, em casa.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram