(Foto: Carlos Gibaja e Thiara Montefusco)

Prevenção

Detentos são transferidos para evitar instabilidade em presídio

A possibilidade de crise foi o mote para a decisão

Por Camylla Evellyn

A Justiça do Ceará determinou a transferência de cinco presos, chefes de facções criminosas, para penitenciária federal. O pedido foi do Gaeco após motins e tentativas de fuga nos presídios do Estado.

Conforme o pedido, as transferências são necessárias para evitar situações de instabilidade nas unidades prisionais cearenses. O documento diz ainda que existem indícios de que os presos estão articulando atos de insubordinação nas unidades.

Em setembro, 149 presos foram levados para a delegacia e nove ficaram feridos durante rebelião num presídio, em Itaitinga. Conforme relato de internos, o motim foi um protesto por causa do retorno do diretor do presídio.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram