Companheiro

Evandro Leitão se filia ao PT em evento prestigiado por lideranças nacionais e estaduais

Mais de mil militantes e lideranças do partido, estiveram presentes presidentes e representantes de outras legendas que apoiam o Governo do Estado

O evento de filiação do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece), deputado Evandro Leitão, ao Partido dos Trabalhadores (PT), na manhã deste domingo (17), movimentou a política estadual.

Além dos mais de mil militantes e lideranças do partido, estiveram presentes presidentes e representantes de outras legendas que apoiam o Governo do Estado.

O governador Elmano de Freitas, o ministro da Educação, Camilo Santana, o líder do Governo Federal no Congresso Nacional e vice-presidente nacional do PT, José Guimarães, a senadora Augusta Brito, os presidentes do PT no Ceará e em Fortaleza, Antônio Alves Filho (Conin) e Guilherme Sampaio, além de deputados estaduais, federais, vereadores e lideranças da Capital e do Interior lotaram o hotel Oásis Atlântico para manifestar apoio e dar boas-vindas ao novo filiado do PT cearense.

“Meu coração escolheu o PT. Em 14 anos de vida pública, sempre estive próximo e contribuindo com o partido, porque tenho alinhamento ideológico com o PT e acredito nesse projeto político que faz o Ceará avançar” declarou Evandro Leitão.

No discurso do ato de filiação, ele agradeceu o apoio das lideranças do PT. “Me sinto honrado em ser recebido com muito carinho por líderes que são referências para mim, como o presidente Lula, maior político da história do Brasil, pelo governador Elmano de Freitas, meu amigo ministro Camilo Santana, o deputado José Guimarães, a senadora Augusta Brito, o presidente do PT Ceará, Antônio Conin e o deputado Guilherme Sampaio, presidente do PT em Fortaleza”.

O novo filiado do PT destacou que seguirá engajado em pautas progressistas. “Venho para o PT para fortalecer as lutas sociais deste que é o maior partido político da América Latina. Manteremos nosso olhar para a defesa dos direitos de quem é mais vulnerável”.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram