Foto: Agência Brasil

Benefício

Farmácia Popular começa distribuir absorventes gratuitos

O público-alvo do programa abrange 24 milhões de pessoas

O governo federal credenciou mais de 31 mil unidades no programa Farmácia Popular para distribuição de absorventes para população em situação de vulnerabilidade social.

Segundo o Ministério da Saúde, os produtos são distribuídos para grupo que vivem abaixo da linha da pobreza e estão matriculados em escolas públicas, em situação de rua ou em vulnerabilidade extrema. Mulheres recolhidas em unidades prisionais serão beneficiadas.

Oferta

Têm direitos os absorventes, brasileiras ou estrangeiras que vivem no Brasil, com idade entre 10 a 49 anos, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que possuem renda familiar mensal de até R$ 218 por pessoas.

Estudantes das instituições públicas de ensino também devem estar no CadÚnico, mas, neste caso, a renda familiar mensal por pessoa vai até meio salário mínimo (R$ 706). Para pessoas em situação de rua, não há limite de renda. O público-alvo do programa abrange 24 milhões de pessoas.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram