(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Agilidade

Lula sanciona lei para reduzir filas do INSS

O programa prevê a retomada do bônus de produtividade aos funcionários que trabalharem além da jornada regular

Por Redação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei nº 14.724/2023, que cria o Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social (PEFPS), que pretende reduzir o tempo de espera no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A lei foi publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União na noite desta terça-feira (14/11).

Para reduzir as filas, o programa prevê a retomada do bônus de produtividade aos funcionários que trabalharem além da jornada regular, tanto na análise de requerimentos de benefícios como na realização de perícias médicas.

Terão prioridade no recebimento dos bônus os funcionários e médicos peritos que trabalharem em processos administrativos com mais de 45 dias ou com prazo final expirado.

Os servidores administrativos do INSS receberão bônus de R$ 68 por tarefa, e os médicos peritos, de R$ 75 por perícia. O adicional de produtividade foi pago em 2019, com a mesma finalidade de diminuir as filas nos pedidos de aposentadorias, pensões e auxílios.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram