Mais de 100 jovens aprendizes começam a ser convocados pelos Correios no Ceará

Os Correios iniciaram a convocação de 105 jovens aprendizes no Ceará. Para grande parte desse público, a vaga significa a entrada no mercado de trabalho. Os jovens assinarão contrato que pode variar entre 12 e 24 meses, com registro na carteira de trabalho, vão receber, além do salário-mínimo-hora de R$ 611,72, vale-transporte, vale-refeição ou alimentação e uniforme.  

A jornada de 20 horas semanais será distribuída em quatro horas diárias, divididas em atividades teóricas realizadas em entidade qualificada na formação técnico-profissional e em atividades práticas, nos Correios, envolvendo a atuação como auxiliar administrativo ou auxiliar logístico. 

O programa Jovem Aprendiz é uma ação corporativa alinhada às diretrizes da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e se destina à contratação especial de adolescentes classificados por critérios socioeconômicos.  

Desde 2011, ano da implantação do programa nos Correios, dezenas de milhares de jovens conseguiram sua primeira experiência profissional em uma das maiores empresas públicas brasileiras.  Neste ano, os Correios abriram 4.382 vagas, mais formação de cadastro reserva, em todo o Brasil. Das vagas totais, 10% foram ofertadas para pessoas com deficiência e 20% para pretos e pardos.  

“Os Correios têm orgulho de atuar diretamente na formação profissional de milhares de jovens, cumprindo seu papel de empresa pública e agente do governo federal em um momento de retomada dos grandes projetos de desenvolvimento do Brasil”, afirmou o presidente da estatal, Fabiano Silva dos Santos. 

WhatsApp
Facebook
X
Telegram