(Foto: Samuel Portela)

Mais de 480 espécies da Caatinga correm risco de extinção

Por Camylla Evellyn

Todos os biomas do Brasil estendem suas fronteiras para além do limite do país, com exceção da Caatinga, que é o único bioma 100% brasileiro, com predomínio no Nordeste. Apesar disso, seu rico patrimônio biológico está ameaçado.

Segundo dados da pesquisa Contas de Ecossistemas, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Caatinga tem pelo menos 481 espécies de plantas e animais com risco de extinção, o que torna o bioma o terceiro mais ameaçado do país, perdendo apenas para o Cerrado e Mata Atlântica, respectivamente.

O bioma conta com uma diversidade inigualável, são aproximadamente 5.311 tipos de plantas e animais únicos, como o famoso tatu-bola, a jaguatirica e o carcará. “Se engana profundamente quem acredita que a Caatinga é um bioma pobre, seu ecossistema é valioso e não é encontrado em nenhuma outra região do mundo”, destaca Samuel Portela, coordenador técnico da Associação Caatinga.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram