Foto: redes sociais

Julgamento

Ministros do TSE são favoráveis pela inelegibilidade de Bolsonaro e Braga Netto

O julgamento foi suspenso na última quinta-feira, retomado nesta quarta

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu que o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) deve se tornar inelegível. Nesta terça-feira, (31/10), quatro dos sete magistrados votaram favoráveis a inelegibilidade de Bolsonaro pela acusação de abuso de poder político, uso inadequado dos meios de comunicação do Bicentenário da Independência do Brasil, em Brasília e Rio de Janeiro no dia 7 de setembro de 2022.

Os ministros decidiram manter a multa estipulada pelo relator das ações, ministro Benedito Gonçalves, em R$ 425.640 para Bolsonaro e de R$ 212.820 para seu vice, Braga Netto.

Também foi condenado, Braga Netto. A maioria entendeu que os dois cometeram abuso de poder. Estão inelegíveis por oito anos, até 2030.

O placar foi de 5 a 2 pela condenação.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram