Imagem: redes sociais

Unanimidade

Pacajus: prefeito e vice-prefeito têm mandato cassado

Comissão de parlamentares apontaram que o prefeito e o vice empregaram parentes na gestão municipal

O prefeito Bruno Figueiredo (PDT) e o vice-prefeito, Francisco Fagner (União Brasil), tiveram seus mandatos cassados nesta quinta-feira, (21/09), pela Câmara Municipal de Pacajus.

O placar da votação foi de 10 votos e nenhum contrário.

A prática de susposta nepotismo levou os gestores a perder seus cargos.

Assumiu a vaga, o presidente da Câmara, Tô da Guiomar (União Brasil). E a presidência da Casa, agora é a vereadora Cristina Rocha (União). Ele era a primeira vice-presidente.

Os vereadores identificaram que os gestores estariam empregando parentes para cargos na prefeitura. Uma sobrinha e a nora do prefeito teriam sido nomeadas durante a gestão. Além delas, duas irmãs e um irmão do vice-prefeito também foram contratados para a Prefeitura.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram