Imagem: SSPDS - CE

Pastor é preso com cigarro de maconha após furtar celular de freira em hospital

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) prendeu em flagrante, nesta terça-feira (19), um suspeito de furto no bairro Guajeru, na Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza.

O homem, de 39 anos, foi flagrado por câmeras de segurança subtraindo o celular de uma freira, que acompanhava o pai internado em uma unidade hospitalar. Após o hospital disponibilizar as imagens, ele foi capturado por equipes policiais na própria residência em posse de um cigarro de maconha.

Por volta das 5h40, os policiais civis tomaram conhecimento a respeito de uma ocorrência de furto em uma unidade hospitalar do bairro Guajeru. A vítima acompanhava o pai internado, quando adormeceu ao lado e teve o aparelho celular subtraído. O principal suspeito era o acompanhante de um dos pacientes que estava na enfermaria, fato confirmado por imagens de câmeras de segurança cedidas pelo estabelecimento.

Com as imagens em mãos, a equipe do 35º Distrito Policial, unidade da Polícia Civil responsável pela região, identificou o suspeito como sendo Thiago Cardoso do Vale. O homem, que é pastor evangélico, já possuía antecedentes por estelionato, receptação e como usuário de drogas. Ele foi capturado na própria residência, situada no bairro Canindezinho (AIS 9), enquanto manuseava o celular da vítima. A composição policial ainda encontrou um cigarro de maconha em posse do suspeito.

Diante dos fatos, Thiago Cardoso do Vale, o celular e o cigarro de maconha foram conduzidos até o 35º Distrito Policial (35º DP). Ele foi autuado em flagrante por furto qualificado e novamente como usuário de drogas na unidade da Polícia Civil responsável pela área e colocado à disposição da Justiça. O aparelho celular foi restituído à vítima, que agradeceu o trabalho realizado pela equipe da distrital.

Denúncias
A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser encaminhadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp.

As informações podem ser direcionadas ainda para o (85) 3101-4481, do 35° DP. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: SSPDS – Ce

WhatsApp
Facebook
X
Telegram