Desenvolvimento

PIB de Fortaleza cresce mais de 12% e capital segue sendo a primeira do Nordeste

O Produto Interno Bruto da capital do Ceará chegou a R$ 73,4 bilhões e representa cerca de 40% de toda a riqueza produzida no estado

O Produto Interno Bruto (PIB) de Fortaleza cresceu 12,7% em um ano e, assim, a Capital se mantém em 1º lugar no Nordeste. A informação faz parte do relatório PIB dos Municípios, divulgado nesta sexta-feira (15/12), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O PIB da capital cearense aumentou de R$ 65,16 bi para R$ 73,4 bi. Os dados são de 2021 e mostram que Fortaleza está em 8º lugar entre as capitais brasileiras que detêm cerca de 25% do Produto Interno Bruto do País, com 0,8% de participação. Já em comparação a outros municípios do Ceará, Fortaleza é responsável pelo equivalente a 37,68% do PIB do Estado (R$ 194,88 bi).

Para o prefeito José Sarto, o crescimento é resultado das políticas públicas adotadas pela Prefeitura de Fortaleza para aquecer a economia na Capital. “Essa é uma forte demonstração de que a economia de Fortaleza vem se fortalecendo. E isso é resultado de trabalho sério. Demonstra o talento e a capacidade criativa do nosso empresariado, mas também a força da nossa gente. É a prova dos nossos esforços em capacitar e inserir o fortalezense no mercado de trabalho. É para isso que trabalhamos. E assim seguiremos, crescendo cada dia mais”, declarou.

Fortaleza também se destacou no âmbito do emprego e renda, o que impactou diretamente no PIB da cidade. Hoje, ela é uma das cidades que mais gera emprego. Para o secretário do Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Nogueira, os números são resultado do trabalho do povo fortalezense, do estímulo ao empreendedorismo e dos investimentos públicos realizados pela Prefeitura de Fortaleza. “Nós também somos a capital do Norte e do Nordeste que mais gera empregos, segundo os dados do Caged. Somente na gestão do prefeito José Sarto geramos 103.151 mil postos de trabalho com carteira assinada. Fortaleza é o 1º lugar em empreendedorismo no Brasil pelo Ranking Connected Smart Cities. Isso também mostra a força empreendedora do nosso povo que faz com que Fortaleza se destaque entre as cidades que mais geram riqueza no Brasil”, avaliou.

Confira o ranking das maiores PIBs do Brasil por capitais
São Paulo/SP (9,2%)
Rio de Janeiro/RJ (4,0%)
Brasília/DF (3,2%)
Belo Horizonte/MG (1,2%)
Manaus/AM (1,1%)
Curitiba/PR (1,1%)
Porto Alegre/RS (0,9%)
Fortaleza/CE (0,8%)

Assessoria

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram