Divulgação

Esquema

Preso vice-presidente da Câmara de Beberibe por suspeita de “rachadinha”

O objetivo era arrecadar através dos assessores valores ilícitos e depois repassados para o parlamentar e seu irmão

Uma ação do Ministério Público do Estado (MPCE), através do Grupo Especial de Combate à Corrupção (Gecoc) e da 1° Promotoria de Justiça de Beberibe, com apoio da Polícia Civil prenderam na manhã desta terça-feira, (5/12), o vice-presidente da Câmara de Vereador de Beberibe, “Paraíba das Redes” (Republicanos) e seu irmão, “Damião das Redes”.

A Operação “Vila Rica” investiga uma suposta prática de “rachadinha” envolvendo o vice-presidente da Câmara, seu irmão e dois assessores.

O vereador foi afastado de suas funções por 90 dias, não podendo, nesse período, frequentar a Câmara de Vereadores e outros órgãos municipais.

Os suspeitos vão responder por associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

As investigações apontaram possíveis práticas de “rachadinha” eram organizadas pelo vereador, com auxílio de seu irmão.

O objetivo era arrecadar através dos assessores valores ilícitos e depois repassados para o parlamentar e seu irmão.

Foram apreendidos R$ 92 mil, sendo R$ 22 mil em espécie. Dos R$ 10 mil foram encontrados na residência do vereador e R$ 22 mil na casa de seu irmão. Além de R$ 60 mil em cheques.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram