Governador Elmano de Freitas defende autonomia dos estados e tratamento especial para o H2V em debate sobre reforma tributária no Senado Federal

O governador Elmano de Freitas e os demais governadores brasileiros participaram, ontem, de sessão de debates temáticos no Senado Federal, em Brasília, para discutir a reforma tributária em tramitação na casa.

Durante pronunciamento, o Chefe do Executivo Cearense defendeu os avanços já obtidos na pauta da reforma, que propõe a extinção de cinco impostos, sendo três federais (PIS,COFINS e IPI), um estadual (ICMS) e um municipal (ISS), e prevê a criação de um tributo único, o Imposto sobre Valor Agregado (IVA), que será divido em Contribuição sobre Bens em Serviços (federal) e o Imposto sobre Bens Serviços (estados e municípios).

Elmano de Freitas destacou os avanços na pauta da reforma tributária e destacou pontos prioritários da discussão.

O governador Elmano de Freitas também defendeu a necessidade de incluir no debate da reforma tributária a produção e exportação de energias renováveis como estratégia da nova industrialização do Norte-Nordeste brasileiro.

WhatsApp
Facebook
X
Telegram